Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

Netflix salva animação LGBT que a Disney foi acusada de censurar

Antes sob comando da empresa de Mickey Mouse, a adaptação da HQ 'Nimona' foi adquirda pela gigante do streaming e deve estrear, enfim, em 2023

Por Marcelo Canquerino 11 abr 2022, 15h45

Descartada e censurada pela Disney, a animação LGBT Nimona foi salva pela Netflix e deverá estrear na gigante do streaming em 2023. Baseada na história em quadrinhos homônima da cartunista ND Stevenson, também responsável pela série animada She-Ra e as Princesas do Poder, a produção acompanha a jornada de uma adolescente que consegue mudar de forma e embarca na missão de ajudar um cavaleiro a provar sua inocência após ele ser acusado de um crime que não cometeu.

Inicialmente o filme estava sob comando da Blue Sky Studios, que pertence à Fox. Mas, com a compra da Fox pela Walt Disney Company em 2020, Nimona passou para as mãos da empresa de Mickey Mouse — que em seguida fechou o estúdio, alegando problemas financeiros em decorrência da pandemia de Covid-19, e descartou o projeto. De acordo com o jornal The Hollywood Reporter, o filme ainda estava no cronograma da Disney antes de as atividades do estúdio serem encerradas com 75% dele concluídos.

Os problemas da Disney com o longa vão além do fechamento da Blue Sky. Atualmente, a gigante do entretenimento está envolvida em diversas polêmicas relacionadas o projeto de lei Don’t Say Gay (Não Diga Gay, em tradução livre) na Flórida. Em entrevista ao Business Insider, alguns ex-funcionários que estavam trabalhando na produção de Nimona afirmaram que os executivos da Disney discordaram das temáticas LGBT do filme — o que incluiu a censura de um beijo entre personagens do mesmo gênero. Até o momento, o porta-voz da Disney não respondeu ao pedido de comentário feito pela revista americana Entertainment Weekly.

Agora, sob os cuidados da Netflix e da DNEG Animation, espera-se que o filme finalmente saia do papel. Uma primeira imagem da produção foi divulgada hoje por ND Stevenson em seu Twitter. Nimona, que já venceu um Eisner, prêmio de grande prestígio do universo dos quadrinhos, será dirigido por Mick Bruno e Troy Quane, e traz no elenco as vozes de Chloë Grace Moretz, como a heroína que dá título a história, além de Riz Ahmed e Eugene Lee Yang.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)