Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Hora da verdade: o que será da Globo após o fim do ‘BBB20’?

Com o final do reality show, no dia 27, a emissora poderá se ver diante de um buraco negro em horário estratégico para assegurar a boa fase no horário nobre

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 16 abr 2020, 16h38 - Publicado em 16 abr 2020, 15h51

A partir do próximo dia 27, a Globo terá um escuro e gélido buraco negro em sua programação. A data marca o fim do Big Brother Brasil 20 — inicialmente, a atração acabaria na quinta-feira, 23, encerramento que foi prorrogado pela emissora. Os motivos para os dias a mais podem ser resumidos em uma palavrinha: audiência. Com a pandemia que afetou toda a grade da TV, o BBB20 é o único programa de entretenimento sendo produzido ao vivo pela emissora, e a mais concorrida válvula-de-escape do público atualmente.

Com mais televisores ligados durante o isolamento, o reality show acumula média de 24,63 pontos, o que representa um aumento de 23% em relação ao BBB19. A participação de influenciadores digitais no elenco ainda renovou o público do programa, que conquistou uma maior repercussão nas redes sociais. O paredão entre Felipe Prior e Manu Gavassi bateu recorde de votação, com mais de 1,5 bilhão de votos e refletiu até a polarização política do país.

Com o fim do BBB20, o que será feito dessa faixa estratégica na grade da emissora? A importância do BBB20 não está apenas em seu sucesso em si, mas na capacidade de atrair e fidelizar espectadores para toda faixa noturna, das reprises de novelas às atrações que vêm depois dele. O plano para a substituição dessa peça-chave não é promissor: a emissora anunciou para quinta-feira, 30, a estreia da segunda temporada do insosso reality de culinária Mestre do Sabor.

A disputa de cozinheiros, nos moldes de MasterChef, da Band, e do Cozinha Sob Pressão, do SBT, escorregou no excesso de frufru e pouco tutano em sua primeira fase, só amargando críticas. Para a nova temporada, a emissora anuncia mudanças. Até o momento, porém, a única alteração concreta divulgada pelo canal é a contratação da atriz Monique Alfradique, que dará novo tempero à apresentação do programa, conduzido pelo chef Claude Troisgros. Serão, então, seis pessoas no palco: além da dupla de apresentadores e de João Batista, braço direito de Troisgros, a atração conta com os jurados José Avillez‎, Kátia Barbosa e ‎Leo Paixão.

Mestre do Sabor: nova competição gastronômica da Globo

Continua após a publicidade

É injusto esperar que um reality de culinária tenha musculatura para manter nas alturas a audiência do horário conquistada pelo popular BBB. Mas é difícil assimilar que o fraco Mestre do Sabor seja a melhor opção da emissora. A final da primeira temporada do programa deu míseros 17 pontos, se tornando a pior audiência de um título na faixa que vem em seguida da novela das 9 da Globo em 2019.

Outra possibilidade que já tem sido explorada pela Globo é usar mais os conteúdos de sua plataforma de streaming, o Globoplay, como já está acontecendo às terças-feiras. Após a eliminação de um dos participantes do BBB, a emissora transmite um episódio da série de suspense Manifesto: O Mistério do Voo 828. A produção conquistou 21 pontos em seu primeiro capítulo na semana passada, ficando à frente da tradicional Sessão da Tarde e do folhetim das seis, Novo Mundo

Taí um paredão difícil de ser desempatado pela Globo.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.