Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Emmy 2022: os grandes esnobados das indicações ao prêmio

Selena Gomez, de 'Only Murders in the Building', e séries aclamadas pelo público como 'This Is Us' ficaram de fora da maior premiação da TV e do streaming

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 13 jul 2022, 17h22 - Publicado em 13 jul 2022, 17h15

O Emmy, maior premiação da televisão americana, divulgou nesta terça-feira, 12, a lista com os indicados deste ano. Produções como SeveranceSuccessionEuphoria e Round 6 já eram esperadas nas principais categorias. O que chamou a atenção, entretanto, foi a falta de algumas séries que estavam quase confirmadas na corrida pela estatueta dourada. Confira os cinco maiores esnobados das indicações ao Emmy 2022:

Selena Gomez

Entre as atrizes esnobadas, Selena Gomez, de Only Murders in the Building, foi a que mais chamou a atenção por ter ficado de fora da premiação. A produção, indicada 17 vezes, ganhou menções notáveis em categorias grandes, como melhor série de comédia. Diferentemente de seus colegas de elenco, Steve Martin e Martin Short, ambos indicados por seus personagens, Selena foi ignorada pelo Emmy — apesar de ótima atuação como uma das protagonistas da série. A ausência da artista na disputa pelo troféu de melhor atriz, inclusive, foi sentida por Steve Martin. “Estamos um pouco consternados que Selena não tenha sido indicada porque ela é tão crucial para o trio, para a série. Ela meio que nos equilibra. De certa forma, você pode dizer que fomos indicados por causa do equilíbrio dela na série”, disse o ator em comunicado a revista americana Variety.

Pachinko 

Continua após a publicidade

Apesar de a sul-coreana Round 6 ter feito história com indicações nas maiores categorias da noite, parece que o Emmy ainda não consegue prestigiar mais de uma série em língua não-inglesa por vez. A produção da Apple TV+ que adapta o romance homônimo da escritora Min Jin Lee ficou de fora da premiação — recebendo apenas uma menção tímida na categoria de melhor design de título principal. Elogiada por público e crítica, Pachinko acompanha a história de um amor proibido que atravessou quatro gerações de uma família de imigrantes coreanos e quebrou barreiras continentais, da Coreia, até o Japão e os Estados Unidos.

This Is Us 

Amada por uma legião de fãs e com presença forte no Emmy desde seu lançamento, a última temporada de This Is Us foi completamente esquecida este ano. O drama, que acompanha a história e a vida dos trigêmeos da família Pearson, não recebeu nenhuma menção. Era esperado que ao menos parte do elenco fosse reconhecido, principalmente Sterling K. Brown, indicado desde a primeira temporada da série e vencedor da categoria de melhor ator em drama em 2017, e Mandy Moore, intérprete da mãe da família. Uma despedida da TV mais melancólica do que os enredos dramáticos da produção.

Continua após a publicidade

Atlanta 

Após uma pausa de quatro anos, Atlanta retornou para uma terceira temporada, mas parece que não agradou muito os votantes da Academia de Televisão. A série ficou de fora das principais categorias de comédia. Com elenco de peso, que inclui nomes como Lakeith Stanfield, apenas Donald Glover foi reconhecido com uma indicação, a única de toda a produção neste ano.

Yellowstone 

Continua após a publicidade

Nem mesmo a série mais assistida da televisão americana atualmente conseguiu escapar de ser esnobada pelo Emmy. Criada por Taylor Sheridan, a produção de Velho Oeste repleta de testosterona não conseguiu nenhuma nomeação nas categorias de drama — apesar da intensa campanha de marketing feita pela Paramount. Sheridan está expandindo seu império na televisão, mas a tão almejada estatueta dourada da premiação não virá em 2022.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.