Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Ricardo Rangel

‘Quem, eu? Me preocupar?’

Jair Bolsonaro e seus auxiliares têm muitas prioridades — entre elas não estão o Brasil e os brasileiros

Por Ricardo Rangel 28 dez 2021, 13h18

Depois de longa e indesculpável demora, o Ministério da Saúde finalmente anunciou a recomendação de vacinação contra a Covid-19 para crianças. Mas o ministro Marcelo Queiroga não tem pressa: só vai formalizar a recomendação no dia 5 de janeiro. E ainda pretende exigir prescrição médica.

Já passam de 600 os auditores da Receita Federal que entregaram seus cargos. O ministro responsável pela área, Paulo Guedes, segue em férias.

A Bahia enfrenta as piores chuvas nos últimos 35 anos, já há 20 mortos e mais de 30 mil desabrigados. O presidente da República segue em férias. De quebra, provoca aglomerações, aumentando a exposição dos brasileiros à Covid.

Evidentemente, Jair Bolsonaro e seus auxiliares têm muitas prioridades.

Entre elas não estão o Brasil e os brasileiros.

Continua após a publicidade

Publicidade