Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Ricardo Rangel

Doria, o rei de O Pequeno Príncipe?

Doria periga se tornar rei de um planeta com um único habitante

Por Ricardo Rangel Atualizado em 29 nov 2021, 18h22 - Publicado em 29 nov 2021, 20h01

João Doria venceu as prévias do PSDB.

É uma vitória de Pirro: o PSDB saiu da refrega esfacelado, com ressentimentos por toda parte.

Doria vai precisar convencer Eduardo Leite a fazer campanha para ele, Alckmin a não ir para o PSD e impedir a debandada dos mineiros. Depois será preciso angariar o apoio dos outros partidos de centro. E, então, decolar nas intenções de voto, ultrapassar Sergio Moro e convencê-lo a abandonar a candidatura.

Se tudo der certo, e as intenções de voto de Bolsonaro caírem o bastante para que ele fique fora do segundo turno, Doria ainda terá que vencer Lula.

Se isso não acontecer, como é muitíssimo provável que não aconteça, restará a Doria tentar ser vice de Moro. Mas nem isso é fácil, porque há nomes, como o de Simone Tebet, que tendem a ser preferíveis ao do governador de São Paulo. Se for preterido na vaga de vice, restará a Doria tentar emplacar algum ministério menos importante.

Doria periga ficar como o rei de O Pequeno Príncipe: soberano de um planeta inteiro, planeta esse que tem a ele mesmo como único habitante.

Continua após a publicidade

Publicidade