Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Ricardo Rangel

Bruno e Dom foram assassinados. Já se adivinha a reação de Bolsonaro

Mais uma vez, o presidente bota a culpa do crime na vítima

Por Ricardo Rangel Atualizado em 15 jun 2022, 17h11 - Publicado em 15 jun 2022, 16h01

O indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips foram assassinados. Antes mesmo de saber do assassinato, Jair Bolsonaro ensaiou a explicação:

“Esse inglês era malvisto na região”, afirmou Jair Bolsonaro, referindo-se ao jornalista Dom Phillips. “Muita gente não gostava dele.”

Malvisto por quem?

Pelos garimpeiros ilegais, que Bolsonaro tanto elogia?

Pelos pescadores ilegais que o Ibama, aparelhado por Salles e Bolsonaro, deixou de combater?

Pelos grileiros, cuja ação é estimulada pelo governo de Bolsonaro?

Continua após a publicidade

Pelos desmatadores, que o governo Bolsonaro anistiou?

Pelos monstros que sequestraram, assassinaram e esquartejaram não só Dom, como Bruno?

Ou pelo presidente da República, que não gosta de ninguém que defenda o meio ambiente?

Insatisfeito de botar a culpa na vítima, Bolsonaro ainda fez questão de demostrar mais uma vez sua notória sensibilidade e sua solidariedade para com os mortos.

“Pelo que tudo indica, se mataram os dois —  espero que não — eles estão dentro d’água. E dentro d’água pouca coisa vai sobrar, o peixe come. Não sei se tem piranha lá no Rio Javari.”

É de se imaginar qual será o comentário de Bolsonaro quando for cobrado pelas mortes:

“Eu não sou coveiro, tá?”.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)