Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Ricardo Rangel

Bolsonaro passa de todos os limites. De novo

É difícil saber o que é mais espantoso na conversa com Joe Biden

Por Ricardo Rangel Atualizado em 15 jun 2022, 09h03 - Publicado em 14 jun 2022, 13h29

Bolsonaro ficou irritado com o vazamento de sua conversa com Joe Biden. Mais especificamente, com a informação de que pediu ao presidente americano uma ajuda contra Lula, que supostamente seria “um perigo para os interesses dos EUA” (Biden, claro, fez cara de paisagem e mudou imediatamente de assunto.)

Tudo no episódio é espantoso.

Que Bolsonaro tenha cometido crime de alta traição (10 a 20 anos de cadeia), ainda mais com tanta sem cerimônia. Ou, o que é mais provável, que nem sequer tenha entendido que era alta traição.

Que acreditasse que Biden seria insensato a ponto de sequer cogitar interferir de tal maneira na política interna de um país soberano. E que, sendo um democrata, ajudaria um candidato a ditador como Bolsonaro. E que o faria para ajudar alguém que vive afirmando que a eleição do próprio Biden foi fraudada.

E que Bolsonaro tenha acreditado que um pedido assim absurdo e criminoso não vazaria. É óbvio que vazaria, porque não repudiar de pronto o crime internacional proposto por Bolsonaro equivaleria a tratar o pedido como razoável. Implicaria ser cúmplice.

Que Bolsonaro não tem noção do que faz e não tem limite, qualquer brasileiro sabe.

Mas é impressionante como as maluquices vão ficando cada vez mais malucas.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)