Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Verba indenizatória paga reportagem a favor de deputado

Por Ranier Bragon e Letícia Sander, na Folha deste domingo:Do total da “verba indenizatória” que a Câmara destinou aos deputados em janeiro, 15% se referem ao ressarcimento de supostos gastos com a chamada “divulgação do mandato parlamentar”. A Folha constatou que o dinheiro público é usado, entre outras coisas, para fins eleitorais e para a […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 07h54 - Publicado em 25 fev 2007, 05h30
Por Ranier Bragon e Letícia Sander, na Folha deste domingo:
Do total da “verba indenizatória” que a Câmara destinou aos deputados em janeiro, 15% se referem ao ressarcimento de supostos gastos com a chamada “divulgação do mandato parlamentar”. A Folha constatou que o dinheiro público é usado, entre outras coisas, para fins eleitorais e para a compra de reportagens benéficas aos deputados em órgãos de imprensa regionais.O caso mais evidente é o do líder da bancada do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), que afirmou, em um primeiro momento, manter um contrato com o jornal que controla, a “Tribuna do Norte”.O diário publicaria notícias sobre as atividades do deputado em Brasília e, em troca, receberia como remuneração a verba do deputado destinada à “divulgação do mandato”.”Tem contrato, tem recibo, tudo direitinho do jornal, tem recibo guardado, tudo direitinho”, afirmou o deputado, em um primeiro contato.Depois, ele retificou: “Não é um contrato formal. Eu pago e eles dão recibo.”O peemedebista afirma que as “reportagens” são produzidas quase sempre por meio de entrevistas que ele concede ao seu assessor de imprensa.Entre as “reportagens” destacadas pelo deputado está a sua eleição para a liderança do PMDB, uma entrevista sobre o apoio do PMDB a Luiz Inácio Lula da Silva e a descrição da sessão para a eleição do novo presidente da Câmara, presidida por ele em 1º de fevereiro.”Quando fui presidir a eleição da Câmara, publicamos uma página inteira, uma foto nossa, tenho dez mandatos. Tô no décimo mandato, aí fizemos uma página no jornal muito bonita”, disse. Alves presidiu a sessão por ser o deputado com o maior número de mandatos.Em janeiro, ele foi reembolsado pela Câmara em R$ 10,5 mil por gastos a título de “divulgação do mandato”. Ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o líder do PMDB declarou um patrimônio de R$ 1 milhão, que inclui ações em rádio e TV.
Assinante lê mais aqui

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.