BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana

Reinaldo Azevedo

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Representante de Obama em Davos promete e pede maior cooperação

Da France Presse, em Davos:A assistente do presidente Barack Obama para as relações intergovernamentais, Valerie Jarrett, falou em nome do democrata nesta quinta-feira, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, afirmando que todos os desafios globais, do terrorismo à crise econômica, exigem uma resposta conjunta.“Os desafios que enfrentamos no século 21 –o terrorismo, a […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 18h15 - Publicado em 29 jan 2009, 18h04
Da France Presse, em Davos:
A assistente do presidente Barack Obama para as relações intergovernamentais, Valerie Jarrett, falou em nome do democrata nesta quinta-feira, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, afirmando que todos os desafios globais, do terrorismo à crise econômica, exigem uma resposta conjunta.
“Os desafios que enfrentamos no século 21 –o terrorismo, a proliferação nuclear, as mudanças climáticas, a pobreza, a busca pela paz– são mundiais. Como o são também as raízes da atual crise econômica”, afirmou Jarrett.
“Nosso desafio é perguntar o que mais podemos fazer juntos, uma vez que nossos destinos estão intrinsecamente ligados”, acrescentou a assessora especial da Casa Branca, no segundo dia do Fórum de Davos, que todos os anos reúne milhares de lideranças políticas e empresariais dos cinco continentes.
Rússia e China, por outro lado, enviaram seus primeiros-ministros, Vladimir Putin e Wen Jiabao, respectivamente.
As atenções do Fórum se voltaram principalmente para a equipe democrata que chegou à Casa Branca neste mês, em meio às expectativas geradas pela maior potência mundial tanto na esfera econômica quanto diplomática, depois de oito anos do “unilateralismo” do republicano George W. Bush.
Obama acredita que a crise se deve “a uma era de profunda irresponsabilidade dos governos e dos negócios, nos Estados Unidos e em todo o mundo. O resultado foi a queda da confiança em nossa economia e em nossos mercados financeiros”, disse Jarrett.
“Os Estados Unidos não podem ficar sozinhos neste esforço. Nossa economia é mundial, nossa crise é mundial, e nossas soluções devem ser globais”, destacou.
Na quarta-feira, Putin defendeu uma “relação construtiva” com Washington, enquanto Wen fez um apelo à nova administração americana pela ‘cooperação’ em detrimento da “confrontação”.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VEJA pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.