Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Protesto promovido por PT e extrema esquerda para parar São Paulo fracassa; como de hábito, a turma apela à violência

Fracassou o protesto programado pelo PT e pela extrema esquerda para “paralisar São Paulo”. Não aconteceu. Tenha reunido mil, como quer a PM, ou três mil, como quer o Datafolha, tratou-se de uma tentativa de incentivar a baderna, com objetivos, desta vez, claramente eleitorais. Como sempre, a coisa degenerou para a pancadaria. Cerca de 400 […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 05h37 - Publicado em 14 ago 2013, 21h24

Fracassou o protesto programado pelo PT e pela extrema esquerda para “paralisar São Paulo”. Não aconteceu. Tenha reunido mil, como quer a PM, ou três mil, como quer o Datafolha, tratou-se de uma tentativa de incentivar a baderna, com objetivos, desta vez, claramente eleitorais. Como sempre, a coisa degenerou para a pancadaria. Cerca de 400 manifestantes, liderados por autoproclamados anarquistas, resolveram invadir a Câmara. Foram reprimidos pela Polícia Militar. Uma comissão de 20 pessoas foi recebia pela direção da Casa.

A Folha faz uma cobertura em tempo real, com notinhas curtas. Destaco duas passagens:
• 19h18
PMs dispersam grupo na porta da Câmara com bombas de gás e efeito moral. Manifestantes também jogaram bombas.

• 19h22
Manifestantes fazem barricada de fogo na rua e insultam policiais, que não se inibem e vão para cima para dispersar os protestantes.

Voltei
Os “protestantes”, leitores, é bom que fique claro, não são os seguidores de Martinho Lutero ou de Calvino. Não! São os baderneiros mesmo. O que acho encantador no texto acima é a informação de que os “protestantes” também jogaram bombas. Hoje, a imprensa noticia a existência de bombas contra a Polícia como quem dissesse: “Boa noite! Hoje é quarta-feira!”. Reparem lá. Os manifestantes insultaram os policiais, que, ora vejam!!!, não “se inibiram”. Que coisa, né? Onde já se viu uma Polícia não se inibir quando agredida, né?

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.