Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

PF: PT usou “laranjas” para sacar os dólares

Na Folha deste domingo: “Embora informe que “as investigações sobre a origem dos dólares -usados na compra do dossiê contra tucanos- estão em fase final”, a PF (Polícia Federal) concluiu que os sacadores do dinheiro usaram nomes de laranjas para pegar o dinheiro em casas de câmbio. Para o Ministério Público Federal, isso dificultará a […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 08h21 - Publicado em 22 out 2006, 06h06
Na Folha deste domingo: “Embora informe que “as investigações sobre a origem dos dólares -usados na compra do dossiê contra tucanos- estão em fase final”, a PF (Polícia Federal) concluiu que os sacadores do dinheiro usaram nomes de laranjas para pegar o dinheiro em casas de câmbio. Para o Ministério Público Federal, isso dificultará a identificação de quem sacou os US$ 248,8 mil apreendidos pela PF. Além dos dólares, a PF apreendeu R$ 1,168 milhão com o advogado Gedimar Pereira Passos, emissário do PT, e o empresário Valdebran Padilha, enviado ao hotel pelo chefe da máfia dos sanguessugas, Luiz Antônio Vedoin. Desde a apreensão do dinheiro, a PF rastreia os dólares que entraram no Brasil legalmente por meio do banco Sofisa em São Paulo. De lá, o dinheiro passou a casas de câmbio e foi sacado por pessoas que não fizeram a operação (laranjas).Com relação aos reais, a PF aponta indícios de que parte do dinheiro tenha vindo de bancas fluminenses do jogo do bicho. A PF pedirá quebras de sigilos telefônicos à Justiça Federal em Cuiabá para descobrir para quem os emissários do PT ligaram no período em que negociavam o dossiê.” Clique aqui para ler mais

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.