Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

ONG que é dona do registro “Passe Livre” responde ao blog, não explica nada e silencia sobre violência fascistoide

O tal Movimento Passe Livre promove o caos em São Paulo, no Rio e em outras cidades. Os valentes têm um domínio na Internet. Esse domínio está em nome de uma ONG — a Alquimídia —, e essa ONG tem um responsável: Thiago Skárnio. Expliquei tudo isso aqui. Todo mundo sabe que não é preciso […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 06h02 - Publicado em 12 jun 2013, 18h14

O tal Movimento Passe Livre promove o caos em São Paulo, no Rio e em outras cidades. Os valentes têm um domínio na Internet. Esse domínio está em nome de uma ONG — a Alquimídia —, e essa ONG tem um responsável: Thiago Skárnio. Expliquei tudo isso aqui. Todo mundo sabe que não é preciso precondição nenhuma para registrar um domínio. Qualquer pessoa física ou entidade pode fazê-lo. Não é necessário apelar a uma ONG para isso. Muito bem. Contei tudo aqui. A tal ONG resolveu dar a sua versão dos fatos, apelando a uma certa linguagem militante, afirmando que iria apelar à Editora Abril para pedir direito de resposta…

Tsc, tsc, tsc… Podem descer do palanque! Eu publico o texto aqui. Segue abaixo, na íntegra, como veio, sem alterar ou corrigir nada. Leiam a resposta da Alquimídia. Volto em seguida.

Nossa Resposta
A Alquimídia.org possui mais de 10 anos de comprovada e registrada atuação no Terceiro Setor, fornecendo vários tipos de apoio tanto à sociedade civil organizada quanto aos movimentos sociais, principalmente em ações de comunicação e cultura digital. Nosso trabalho abrange desde a produção de documentários complexos até o registro de domínios na internet para coletivos não formalizados e de cultura popular e tradicional, ou seja, sem CNPJ. Foi o que aconteceu, por exemplo, com o Movimento Passe Livre (MPL) anos atrás, quando integrantes do grupo nos contactaram para registrar o domínio ‘mpl.org.br’, um movimento que milita por um transporte público gratuito e de qualidade para a toda a população.

Para manter estas e outras atividades sócio-culturais, a Alquimídia.org, assim como outras associações, desenvolve projetos para fundos e leis de incentivo, projetos estes com escopo definido, rígida aplicação dos recursos e detalhada prestação de contas.

A diretoria da Alquimídia.org registra sua perplexidade diante da atitude do colunista da revista Veja, Reinaldo Azevedo, que no post publicado às 19 horas do dia 11/06/2013 -Entidade que é dona de domínio do “Movimento Passe Livre” recebe dinheiro da Petrobras e do Ministério da Cultura e tem incentivo da Lei Rouanet” -, relacionou de forma irresponsável e caluniosa o registro de um domínio ao apoio de empresas e governos via projetos aprovados em editais públicos.

Continua após a publicidade

É importante destacar que as citações do colunista não são resultado de uma “investigação”, pois tudo o que Reinaldo Azevedo faz é reproduzir informações de conhecimento público e de fácil acesso, todas disponibilizadas no site da Alquimidia.org. Em nenhum momento o colunista entrou em contato com a Alquimídia antes de publicá-las, iniciativa essencial quando se busca, realmente, informar. O único tratamento que dispensou aos dados que nosso site fornece foi comentá-los à luz de teses excêntricas e resultantes de um pré-conceito, relacionado tanto a partidos políticos quanto a iniciativas da sociedade civil organizada.

Como Alquimidia.org, associação totalmente visível e não camuflada sob a assinatura de seu diretor, Thiago Skárnio, como insinua o colunista, lamentamos profundamente o ocorrido, que consideramos um total descomprometimento com verdade e descompasso com a cultura contemporanea. Por isso, estamos entrando em contato com a Editora Abril S/A para a publicação do direito de resposta, e analisando a adoção de outras medidas judiciais, caso sejam necessárias.

Comento
Que medidas judiciais o quê! A própria ONG deixa claro que só divulguei o que já é público. Em primeiro lugar, sugiro à Alquimídia que, dispondo de dinheiro do Ministério da Cultura e da Petrobras e de incentivo da Lei Rouanet, contrate um revisor para seus textos. Não fica bem receber dinheiro dos desdentados para espancar a Inculta & Bela.

Em segundo lugar, desafio os valentes a demonstrar que trecho do meu texto é “calunioso”. Se há calúnia, certamente os advogados da ONG vão me processar, não é? Releiam o meu texto. Não atribuí crime nenhum à Alquimídia. Aos bandoleiros que saem por aí depredando coisas, sim!

Continua após a publicidade

O que escrevi no meu texto e reitero aqui?
1: O Movimento Passe Livre é o principal responsável pelos protestos que degeneraram em violência.
2: O domínio está registrado em nome da Alquimídia, cujo chefão é Thiago Skárnio.
3: A Alquimídia recebe dinheiro do Ministério da Cultura e da Petrobras e apela à Lei Rouanet.

Escreve a ONG:
“É importante destacar que as citações do colunista não são resultado de uma “investigação”, pois tudo o que Reinaldo Azevedo faz é reproduzir informações de conhecimento público e de fácil acesso, todas disponibilizadas no site da Alquimidia.org.”

CERTÍSSIMO!!! ENTÃO QUAL É A RAZÃO DO CHORORÔ??? Então o que há de calunioso no meu texto? Vocês queriam dar “o outro lado” para reafirmar o que já está no site? Uma das minhas virtudes está precisamente em revelar o óbvio.

Para encerrar
O domínio do Passe Livre está com a ONG oficialista chamada “Alquimídia”. Revelo isso aos leitores, e a tal entidade divulga uma nota com 2.152 toques e 381 palavras. E NÃO DIZ UM “A” CONTRA A VIOLÊNCIA E O VANDALISMO. Ao contrário!

Continua após a publicidade

Para a “Alquimídia”, o Movimento Passe Livre apenas “milita por um transporte público gratuito e de qualidade para a toda a população.” Então tá! Para tanto, destroem ônibus, depredam prédios públicos e estações do metrô, recorrem a bombas, espancam policiais…

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.