Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

NO PODCAST DO DIOGO: PF E MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGAM LULINHA

Eis aí. Diogo dá mais trabalho ao jornalismo encarregado de defender Lula. A coisa é do balacobaco: Lulinha está sendo investigado pela Polícia Federal. Epa! O inquérito policial foi instaurado por ordem do Ministério Público Federal. Epa! Epa! Epa! Lula é um presidente insólito. Dois meses atrás, fomos informados de que a PF estava investigando […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h16 - Publicado em 7 ago 2007, 18h01

Eis aí. Diogo dá mais trabalho ao jornalismo encarregado de defender Lula. A coisa é do balacobaco:

Lulinha está sendo investigado pela Polícia Federal. Epa! O inquérito policial foi instaurado por ordem do Ministério Público Federal. Epa! Epa! Epa!

Lula é um presidente insólito. Dois meses atrás, fomos informados de que a PF estava investigando seu irmão Vavá: “Dá dois pau aí?”. Agora é a vez de seu filho Lulinha. É PF demais para uma família só.

Como o assunto é delicado, porque envolve a Polícia Federal, a Procuradoria da República e a intimidade do presidente, é melhor divulgar apenas os dados oficiais de que disponho, baseados em documentos, omitindo toda a fofocalhada de bastidores, por mais reveladora que ela seja. Em 18 de outubro de 2006, o procurador Rodrigo Ramos Poerson, do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, encaminhou um ofício ao superintendente da Polícia Federal carioca. Nesse ofício – MPR/PR/RJRR/nº246/2006 – o procurador informava a “ocorrência de fatos capazes de configurar, em tese, o delito previsto no artigo 332 do Código Penal”. Mais simplesmente: tráfico de influência. O Ministério Público Federal pedia para que a PF instaurasse um inquérito policial com a finalidade de apurar se – e cito aqui as palavras do procurador – “desproporcional aporte de recursos financeiros estaria sendo direcionado à empresa Gamecorp, única e exclusivamente em razão de contar com a participação acionária do filho do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva”.

Quer ouvir a íntegra? Clique aqui

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.