Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

No 31 de Março, DEM apela ao estado de direito, e Lula, à demonização da oposição

O DEM decidiu acusar formalmente a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) de crime de responsabilidade por “quebra de sigilo” e “crime de ameaça”, conforme se lê abaixo. Radicalização? Não! Radicalizar, em linguagem política, significa, sei lá eu, invadir o Congresso na porrada, tomar terras alheias, meter fogo em propriedade de terceiros. Radicalizar é recorrer à […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 19h42 - Publicado em 31 mar 2008, 23h37
O DEM decidiu acusar formalmente a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) de crime de responsabilidade por “quebra de sigilo” e “crime de ameaça”, conforme se lê abaixo. Radicalização? Não!

Radicalizar, em linguagem política, significa, sei lá eu, invadir o Congresso na porrada, tomar terras alheias, meter fogo em propriedade de terceiros. Radicalizar é recorrer à estrutura do estado para perseguir adversários. Radicalizar é fazer dossiês e depois vazá-los para tentar chantagear o processo político.

Há algo de ilegal na ação do DEM? As instâncias que o partido diz que vai acionar são aquelas que oferece o estado de direito.

Freqüentemente, os tontons-maCUTs acusam o DEM de ser herdeiro do regime militar, como se, com Lula, hoje em dia, estivessem apenas os que a ele resistiram. Mentira! Papo furado.

O fato é que, no aniversário do movimento militar de 1964, o DEM apela às instâncias do estado de direito, e Lula chama a oposição de sabotagem. Como faziam os ditadores. De fato, trata-se da atualização de um confronto entre democratas e gente com saudade da ditadura.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.