Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Lula e a moral do colonizado…

Dane-se o que diz a gente asnal. Não deixarei de me divertir com as cretinices ditas por Lula. Nunca! “Sempre achei que havia uma coisa que faltava para o Brasil. Somos um país que foi colonizado. Por esse fato, tínhamos mania de ‘ser pequeno’. Mania de não sermos importantes. Achávamos que os outros podiam e […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 16h44 - Publicado em 2 out 2009, 20h42

Dane-se o que diz a gente asnal. Não deixarei de me divertir com as cretinices ditas por Lula. Nunca!

“Sempre achei que havia uma coisa que faltava para o Brasil. Somos um país que foi colonizado. Por esse fato, tínhamos mania de ‘ser pequeno’. Mania de não sermos importantes. Achávamos que os outros podiam e nós podíamos (…). O Brasil ganhou definitivamente sua cidadania internacional. Nós não somos mais de segunda classe, somos de primeira classe”

Bem, queridos, de algum modo, todos os países foram “colonizados” em algum momento de sua história. Sei lá: pode-se dizer que Teodorico, o Grande, o rei ostrogodo, transformou Roma numa colônia… É claro que estou brincando com o tédio. Lula deve chamar de “colonização” o domínio longínquo de terras, fora do continente, por nações européias a partir da século 16. É… Antes do Brasil, nesse sentido, as seguintes ex-colônias já sediaram jogos: EUA (4 vezes), Austrália (2), México (1) e Canadá (2).

Evidentemente, os respectivos governos não incentivaram este surto de nacionalismo bocó porque o importante não é tirar a metrópole de cima de nós, mas tirar a colônia de dentro da gente, entendem? Quanto a não ser mais “segunda classe”, aí depende: do que ele está falando?

“Disse que, se ele [Obama] não viesse, eu iria ganhar. Ele veio, e, quis Deus, eu ganhei mesmo assim.”
Como se nota, era uma disputa de Lula com Obama… Venceu “o cara”.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)