Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Lula: de jagunço filósofo a personagem de “Vidas Secas”. Ele segue fazendo ficção

Depois de ter demonstrado seu lado Riobaldo, o jagunço filósofo, Lula encarna agora o Fabiano de Vidas Secas. Fosse só por isso, teria melhorado muito de escritor, mas piorou de política. Não há dúvida de que Lula foi pobre, mas fome ele nunca passou. Mas agora inventa que sim. Ele vai mudando o seu passado […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 09h33 - Publicado em 7 ago 2006, 03h22
Depois de ter demonstrado seu lado Riobaldo, o jagunço filósofo, Lula encarna agora o Fabiano de Vidas Secas. Fosse só por isso, teria melhorado muito de escritor, mas piorou de política. Não há dúvida de que Lula foi pobre, mas fome ele nunca passou. Mas agora inventa que sim. Ele vai mudando o seu passado à luz das necessidades do presente. Vejam no Globo o que disse o Apedeuta em Governador Valadares, em Minas: “O presidente Lula reafirmou ontem a prioridade do Bolsa-Família na campanha pela reeleição. Ontem, em Governador Valadares, no Leste mineiro, o presidente disse ser o único governante que dá atenção ao social e que cuida do povo e rebateu críticos que acusam o programa de ser assistencialista: ‘ Como este que vos fala já passou fome, sei que para aquele que toma café de manhã, almoça e janta todo o dia, talvez o Bolsa-Família seja assistencialismo. Mas para uma mãe que pega R$ 70 ou R$ 65 e vai ao supermercado comprar comida para levar para casa, se isso for assistencialismo, eu vou fazer muito assistencialismo, porque vou continuar cuidando do povo pobre desse país — disse Lula.’” Clique aqui para ler mais

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.