Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Lula anuncia guerra contra jornalistas, e blogueiros de joelhos babam como o cão de Pavlov

O PT tentou censurar a imprensa de várias maneiras, estimulado pelo progressistas de joelhos. Não conseguiu. Agora o Babalorixá de Banânia anuncia a fase do terror jurídico

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h41 - Publicado em 20 jan 2016, 16h49

 

Lula anuncia guerra contra a imprensa e sugere que vai processar jornalistas a rodo.

Na entrevista a blogueiros progressistas de joelhos, o petista fez algumas afirmações que levaram a turminha a salivar, como os cães de Pavlov. Disse ele:

“Comecei a processar jornalistas. […] Vou começar a processar jornalista para ver se a gente recupera a dignidade da categoria e as pessoas verem que, quando escrevem alguma coisa prejudicando alguém, aquilo tem consequência. Contratei o Nilo Batista. Daqui pra frente, vou processar todo mundo, criminalmente, cível, sei lá. Pra ver se a gente consegue colocar um pouco de ordem na casa.”

Bem, o PT tentou censurar a imprensa de várias maneiras, não é? Primeiro com o Conselho Federal de Jornalismo. Não deu certo. Depois veio a cascata do “controle social da mídia”. Também não deu certo. Agora chegou a fase do terror jurídico. Lula deve lamentar não ter conseguido fazer aqui o que Chávez fez na Venezuela.

Ele emitiu também um juízo sobre a imprensa, que, curiosamente, é majoritariamente de esquerda:
“A politização da imprensa chegou a tal ordem. Admito que tenham um lado, que publiquem editoriais, o que quiserem. A única coisa que não admito é mentira na informação, é mentira. […]”

Continua após a publicidade

Huuummm… “Mentira”, para políticos, com alguma frequência, são as notícias de que eles não gostam. Mas, claro, se alguém contar alguma mentira sobre Lula, que ele processe. Acho que não serei alvo. Só digo verdades sobre ele. Quando afirmo, por exemplo, que Nestor Cerveró e Fernando Baiano o acusam de ter intermediado a operação que resultou no “perdão” do empréstimo concedido pelo Grupo Schahin ao PT, isso é verdade. Nota: o chefão deve achar os blogs progressistas, muitos deles financiados com dinheiro público, um exemplo de jornalismo, elegância e independência.

Ele também foi adiante tentando fazer uma guerrinha de gênero e de classe:
“Pensei que a Dilma ia ser mais bem tratada por ser mulher. Mas é ideológica a coisa, é uma coisa de pele. Você não tem a minha pele, meu caro, então não entra no meu clube. Te aceito do portão pra fora. As pessoas de mais baixa renda nesse país não podem ter ascensão que incomoda as pessoas. Eu vou me defender.”

Hein? Ser mulher, agora, é categoria de pensamento que deve colocar o vivente acima da crítica? Isso é uma forma de machismo ou é só oportunismo vulgar mesmo? Em se tratando de Lula, as duas coisas. Acho que eu tachá-lo de “oportunista vulgar” não vai levar Nilo Batista a se assanhar e me processar, né?

Lula, cujo partido fez o país mergulhar numa crise inédita, com corrupção idem, ainda pretende ser o monopolista da causa dos pobres.

Este senhor já morreu politicamente e ainda não recebeu o recado. É um zumbi. É só um cadáver adiado que procria.

É uma opinião, Lula, não uma ofensa. Eu até o acho notavelmente inteligente. Esperto mesmo. Muito esperto. Tanto é assim que não há, até agora, nem mesmo um inquérito contra você. É bem verdade que isso se deve também à covardia do Ministério Público.

Esgotou o prazo de validade, companheiro!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)