Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Há jornalista da Folha que precisa ler o editorial da Folha…

A Folha publica nesta terça um editorial sobre a pesquisa Datafolha. Abaixo, transcrevo um trecho. É interessante. Fica evidente, segundo os números da pesquisa, que são nada menos de 3,3 milhões os pobres que andam de avião. Que coisa, né? Alguns jornalistas da Folha não fariam mal nenhum se lessem os editoriais do jornal. Segue […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h16 - Publicado em 7 ago 2007, 07h20
A Folha publica nesta terça um editorial sobre a pesquisa Datafolha. Abaixo, transcrevo um trecho. É interessante. Fica evidente, segundo os números da pesquisa, que são nada menos de 3,3 milhões os pobres que andam de avião. Que coisa, né? Alguns jornalistas da Folha não fariam mal nenhum se lessem os editoriais do jornal. Segue trecho do texto intitulado “Pobres no chão”:
Dez meses de crise aérea entremeados por duas catástrofes não foram suficientes para modificar a popularidade do presidente Lula. Um nítido movimento de insatisfação pode ser identificado nos estratos de renda e escolaridade mais altas. Se o fenômeno terá capacidade de alastrar-se por outros segmentos, como por vezes acontece, só as próximas sondagens dirão.
A pesquisa Datafolha publicada anteontem também revela números que mereceriam apreciação menos festiva do Planalto.
“Pobre não anda de avião.” A insolência de bastidores se tornou um lugar-comum na retórica do círculo lulista em tempos de descalabro aéreo. O Datafolha relativiza essa percepção ao fornecer dados sobre os usuários declarados do transporte por aviões. Dos entrevistados cuja renda familiar mensal ultrapassa R$ 3.800 (7,5% da amostra da pesquisa), 39% afirmaram que usam o sistema aeroportuário.
A parcela de usuários cai para 16% na fatia intermediária -renda entre R$ 1.900 e R$ 3.800 (10,9% da amostra)- e se torna bem menor (4%) entre os mais pobres -rendimentos inferiores a R$ 1.900. O que é, em termos percentuais, uma concentração evidente de usuários na parcela mais alta de renda ganha, no entanto, outro contorno se enxergado em termos absolutos.
Como no estrato de renda mais baixa estão 77,2% dos brasileiros, o número estimado de pessoas que declaram voar de avião entre os mais pobres é de 5,9 milhões. Entre os mais ricos, há 5,6 milhões de usuários declarados; e na fatia intermediária de renda eles montam a 3,3 milhões.
Assinante lê mais aqui

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.