Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Grupo faz protesto — pacífico de fato! — contra o aumento do IPTU em frente à casa de Haddad

Na  Folha Online: Manifestantes fizeram na noite de hoje um protesto contra o aumento do IPTU em frente à casa do prefeito Fernando Haddad (PT), na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Algumas pessoas cobriram os rostos. O protesto começou na região do Masp com 250 pessoas, por volta das 18h40, segundo a PM. Em […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 05h04 - Publicado em 31 out 2013, 22h38
Protesto contra elevação do IPTU em frente ao MASP: sem máscaras e sem violência (Dario Oliveira - Futurapress/Folhapress)

Protesto contra elevação do IPTU em frente ao MASP: sem máscaras e sem violência (Dario Oliveira – Futurapress/Folhapress)

Na  Folha Online:
Manifestantes fizeram na noite de hoje um protesto contra o aumento do IPTU em frente à casa do prefeito Fernando Haddad (PT), na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Algumas pessoas cobriram os rostos. O protesto começou na região do Masp com 250 pessoas, por volta das 18h40, segundo a PM. Em marcha, os manifestantes chegaram a interditar a avenida Paulista no sentido Paraíso. O grupo diminuiu para cerca de 60 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, que acompanhou o protesto. Por volta das 21h30, o ato deixou a rua do prefeito. A avenida Paulista foi bloqueada novamente no sentido Paraíso. Segundo a polícia, uma pessoa foi detida porque levava uma barra de ferro.

 O prefeito Fernando Haddad (PT) disse que não voltará atrás na decisão de reajustar o IPTU em São Paulo, mesmo diante da pressão de entidades de comércio e indústria e associações de moradores. Juntas elas prometeram ir à Justiça contra o aumento do IPTU em São Paulo, aprovado na Câmara. “Não vamos voltar atrás mesmo se a Justiça for acionada”, disse hoje Haddad. Pelo projeto aprovado, por 29 votos (houve 26 contrários), o reajuste em 2014 será de até 20% para residências e até 35% para os demais imóveis. A partir de 2015, os limites serão de 10% e 15%.
(…)

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.