Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Fim da CPMF traz a política de volta

É incrível o bem que nos fez o fim da CPMF. Bem? Como assim? Não está aí o governo com o seu pacote de maldades, tentando compensar com outras fontes a perda da arrecadação? Está, sim. E o bem a que me refiro é justamente este: estamos de volta à política como ele é. O […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 20h00 - Publicado em 8 jan 2008, 06h18
É incrível o bem que nos fez o fim da CPMF. Bem? Como assim? Não está aí o governo com o seu pacote de maldades, tentando compensar com outras fontes a perda da arrecadação? Está, sim. E o bem a que me refiro é justamente este: estamos de volta à política como ele é. O Lula que parecia resolver tudo num passe de mágica se desfez de súbito. Agora é obrigado a negociar, a desdizer o dito, a tentar convencer o Congresso — até mesmo a passar por mentiroso. E sem subterfúgios.

Aquele Super-Lula era, sem dúvida, uma mistificação petista, publicitária, mas também era, acreditem, uma construção da oposição. Em cinco anos, alguém se lembra de algum confronto efetivo, importante, entre o Apedeuta e seus adversários? Houve, sim, as CPIs — era o mínimo, não? — e depois a crise dos aloprados. Antes, o episódio Waldomiro Diniz denunciava os pés de barro do petismo. Foram granadas que estouraram na mão do PT, sim, mas foi ele próprio a puxar o pino. As oposições não moveram uma palha para criar os três casos. Tudo obra do mais genuíno petismo. Em cinco anos, o Congresso deu a Lula rigorosamente tudo o que eles quis. O Parlamento até se desmoralizou, não é mesmo?, para honra e gáudio do Poder Executivo.

Depois de oito anos de poder, PSDB e DEM custaram a pegar o jeito da oposição — os tucanos não se sentem bem nesse papel nem hoje. Os democratas têm sido mais aguerridos. Tivesse o Senado dado a CPMF de bandeja para Lula, em vez de alguma atenção, estaria sendo tratado a tapas e chutes, como o Apedeuta faz de hábito. O Planalto mentiu, sim, para as oposições e para a opinião pública. Mas é importante ter claro que este é um governo que pode mentir, utilizando, se necessário, as desculpas as mais esfarrapadas.

Entre os oposicionistas, ninguém era ingênuo — aos menos espero — a ponto de imaginar que o governo realmente mandaria, célere, ao Congresso uma proposta consistente de reforma tributária, evitando o pacotão de impostos. As medidas estão aí, e nada de reforma. “E se o Senado tivesse aprovado a CPMF? O texto já estaria pronto?” Se Lula não se mexe para implementar as mudanças quando está apertado, por que o faria nadando em dinheiro? A lógica convencional indica que, com caixa cheio, é mais fácil diminuir tributos. Mas quem disse que “eles” são convencionais?

Pela primeira vez, Lula não governa como um autocrata. Confrontado com a real existência de uma oposição e de um Congresso, Apedeutakoba não teve dúvida: mentiu. Mas só um pouquinho, tenta explicar o líder Romero Jucá (PMDB-RR)…

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.