Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Exército em SP? Topo. Então é guerra

Tanto o candidato tucano ao governo de São Paulo, José Serra, como o secretário de Segurança do Estado, Saulo de Castro Abreu, disseram a coisa correta sobre a ajuda do Exército para atuar em São Paulo. O ex-prefeito afirmou que as tropas federais poderiam fazer a guarda externa de presídios, o que liberaria homens da […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 23h21 - Publicado em 7 ago 2006, 20h37
Tanto o candidato tucano ao governo de São Paulo, José Serra, como o secretário de Segurança do Estado, Saulo de Castro Abreu, disseram a coisa correta sobre a ajuda do Exército para atuar em São Paulo. O ex-prefeito afirmou que as tropas federais poderiam fazer a guarda externa de presídios, o que liberaria homens da Polícia Militar para o patrulhamento ostensivo. Saulo disse ainda que elas poderiam ajudar reprimindo o tráfico de drogas, especialmente em algumas favelas. Assim, é claro que há um trabalho a ser feito. A questão é que o governo federal não consegue tratar do assunto sem politizá-lo o tempo inteiro, sem transformá-lo em pantomima eleitoral. Ou o que fazia Mário Thomaz Bastos ontem, ao lado do petista Aloizio Mercadante, enquanto este produzia aberrações numéricas sobre a segurança no Estado? Ou o que fazia hoje de manhã, na rádio CBN, o mesmo Mercadante, que ocupou 80% de sua entrevista criminalizando a política de segurança pública do Estado, mas sem usar com os marginais 10% da dureza que emprega contra tucanos? Assim, que o governo de São Paulo, ele próprio, solicite essa ajuda e estabeleça os seus termos e a sua forma. Mas que seja o Exército, não aquela brincadeira que é a Força Nacional de Segurança. E, claro, só há uma coisa certa a fazer. Instaladas aqui as tropas federais, que se avance ainda com mais energia sobre o PCC e seus líderes, quebrando a espinha do movimento. Se é com a ajuda do Exército, então é guerra.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.