Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Estes patriotas retiraram as assinaturas da CPI. Espalhem por aí

O governo fez uma pressão enorme ontem para tentar impedir a criação da CPI do MST. Queria que parlamentares da base de apoio retirassem suas assinaturas.  Dezenove corajosos voltaram atrás e sucumbiram. De súbito, deixaram de ver motivos para a investigação. Abaixo, os 19 deputados patriotas que cederam aos “apelos” do Planalto: Aelton Freitas (PR-MG) […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 16h35 - Publicado em 22 out 2009, 20h02

O governo fez uma pressão enorme ontem para tentar impedir a criação da CPI do MST. Queria que parlamentares da base de apoio retirassem suas assinaturas.  Dezenove corajosos voltaram atrás e sucumbiram. De súbito, deixaram de ver motivos para a investigação. Abaixo, os 19 deputados patriotas que cederam aos “apelos” do Planalto:

  1. Aelton Freitas (PR-MG)
  2. Antonio Cruz (PP-MS)
  3. Charles Lucena (PTB-PE)
  4. Dr. Nechar (PP-SP)
  5. Eduardo da Fonte (PP-PE)
  6. Fernando Chiarelli (PDT-SP)
  7. Francisco Rossi (PMDB-SP)
  8. Geraldo Thadeu (PPS-MG)
  9. João Carlos Bacelar (PR-BA)
  10. João Magalhães (PMDB-MG)
  11. Jurandil Juarez (PMDB-AP)
  12. Leo Alcântara (PR-CE)
  13. Luciano Castro (PR-RR)
  14. Marcelo Teixeira (PR-CE)
  15. Marcio Reinaldo Moreira (PP-MG)
  16. Tonha Magalhães (PR-BA)
  17. Vilson Covatti (PP-RS)
  18. Vinícius Carvalho (PTdoB-RJ)
  19. Wellington Roberto (PR-PB

Convenham: é preferível ser frontalmente contrário à comissão a fazer um papelão desses.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.