Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

É mais safadeza do que ideologia

Poucas coisas são tão indecorosas quanto a decisão do PT de abraçar a “causa” da reestatização da Vale do Rio Doce. É claro que isso não vai acontecer. É ainda mais claro que o governo não moverá uma palha por isso. Mas interessa manter acionado este botão quente da política. E notem: isso foi aprovado […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h12 - Publicado em 3 set 2007, 05h37

Poucas coisas são tão indecorosas quanto a decisão do PT de abraçar a “causa” da reestatização da Vale do Rio Doce. É claro que isso não vai acontecer. É ainda mais claro que o governo não moverá uma palha por isso. Mas interessa manter acionado este botão quente da política. E notem: isso foi aprovado no 3º Congresso do PT com a anuência de Lula. Por que digo isso? Seu homem ali, Ricardo Berzoini, caiu fora na hora da votação e deixou rolar. Está se armando uma palavra de ordem para as campanhas eleitorais de 2008 e de 2010.

Inicialmente, essa bobagem surgiu nos partidos de extrema esquerda — PSTU e PSOL. O PT logo percebeu uma boa causa para mobilizar a estupidez nacional. Na campanha eleitoral de 2006, o “estatismo” se transformou em propaganda eleitoral, e a oposição não conseguiu responder ao ataque. Leiam o post abaixo, em que há o relato de uma leitora de Curitiba. A campanha já está organizada. Na “igreja progressista”, quem manda é o PT.

E, como sempre acontece nesses casos, a ignorância específica é gigantesca. Já atingiu até este blog, notoriamente hostil à esquerdopatia. Afirma-se, com a mais alva estupidez, que o Brasil vendeu as suas reservas de minério de ferro… Santo Deus! Tudo o que está no subsolo brasileiro, leitor, incluindo o subsolo do solo sobre o qual está a sua cama, pertence à União, conforme está claro na Constituição. Que reservas de minério elevem o preço da Vale na Bolsa de Valores, é óbvio e, mais do que tudo, desejável. Sinal de que a empresa poderá se expandir quando elas forem exploradas. Mas atenção: esses minérios NÃO SÃO da Vale. Assim como o petróleo NÃO É da Petrobras.

Qual é o valor de uma empresa? É aquele pelo qual ela pode ser vendida — e há coisas que não têm preço. Por exemplo: a Pipoca Maria, a minha vira-lata, não tem valor de mercado. Eu não vendo. Nem por toda a Vale do Rio Doce. Pronto. Quanto foi que a Vale, depois de privatizada, trouxe de investimentos para o país e quanto ela rende de divisas? Esse valor tem de entrar no preço da “privatização”, e não apenas aquele pelo qual ela foi vendida em 1997.

Continua após a publicidade

Ainda que os economistas do PT fossem idiotas — e idiotas eles não são —, é claro que eles sabem disso. O mesmo vale para a Telebras. Aos R$ 22 bilhões da venda, há que se somar o que as empresas de telefonia investiram nesse período. Alguém realmente acredita que a Internet seria o que é hoje no Brasil se a empresa continuasse dando prejuízo nas mãos do estado? Sem a Vale e a Telebras, os “companheiros” já se empenharam em aparelhar até a portaria das empresas públicas. Imaginem com as duas gigantes. Só na Telebras, os cargos de confiança eram… 70!!!

Ai diz um outro leitor: “Todo mundo no Brasil tem telefone, mas o brasileiro não pode pagar a tarifa…” É mesmo? Quer dizer que as empresas crescem por causa da inadimplência? Em 1996, mudei-me de Brasília para São Paulo: paguei US$ 6 mil por uma linha fixa. Era um bairro nobre da cidade. No pobre Sapopemba, na Zona Leste, custava US$ 7 mil… Sim, as empresas que vendiam telefones dolarizavam o preço. Sete anos depois, mudei de apartamento e pedi apenas para desligarem a linha. Felizmente, não valia mais um tostão furado. Quando eu a “comprei”, era um dos 20 milhões de brasileiros com telefone. Quando mandei desligar, eles já eram mais de 100 milhões (incluindo as telefonias fixa e móvel).

Não é por acaso que dois palhaços animavam o 3º Congresso do PT. Aliás, como disse Lulavitch Apedeutakoba, é mesmo uma injustiça com a “cathiguria”. Os palhaços são ao menos divertidos. Os petistas são apenas nocivos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.