Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Cristovam: coragem de desancar o Bolsa Família

Cristovam Buarque foi colunista de Primeira Leitura mesmo quando petista. Embora houvesse grandes divergências entre as suas opiniões e das da revista. Certo ou errado, sempre pensou por sua própria cabeça. E está tendo a coragem de pôr o dedo na ferida. Diz com todas as letras o que a grande imprensa, até agora, silencia […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 23h27 - Publicado em 14 jul 2006, 16h00
Cristovam Buarque foi colunista de Primeira Leitura mesmo quando petista. Embora houvesse grandes divergências entre as suas opiniões e das da revista. Certo ou errado, sempre pensou por sua própria cabeça. E está tendo a coragem de pôr o dedo na ferida. Diz com todas as letras o que a grande imprensa, até agora, silencia porque pautada pelo politicamente correto: o Bolsa Família condena os miseráveis à miséria porque não exige contrapartidas — elas estão no papel, mas não são exigidas na prática. O programa tem porta de entrada, mas não de saída. E essa sempre foi a crítica que fizemos. Certo, dirão: ele só fala isso porque não é competitivo. Até pode ser. Mas não muda o mérito, correto, do que diz. De resto, aqui e alhures, os não competitivos existem de dois modos: há os palhaços, candidatos de si mesmos ou de ondas de opinião um tanto virulentas, expressivas, mas sempre minoritárias, e há os que se comportam como anticandidatos e acabam servindo de ombudsman da disputa eleitoral. São importantes para a democracia. É uma pena que não exista um Cristovam consistentemente conservador também, que encarne os princípios da direita democrática. Tudo somado, o que se vê são candidaturas que vão da esquerda e param na centro-esquerda.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)