Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Colômbia não mais permitirá comissões como a liderada por Chávez

No Estadão: O governo colombiano anunciou ontem que não permitirá mais a atuação de comissões humanitárias internacionais em seu território, como a organizada pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, em dezembro. Segundo o chanceler do país, Fernando Araújo, a comissão reunida na cidade de Villavicencio para acompanhar a entrega de três reféns das Forças Armadas Revolucionárias […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 00h22 - Publicado em 8 jan 2008, 05h15
No Estadão:
O governo colombiano anunciou ontem que não permitirá mais a atuação de comissões humanitárias internacionais em seu território, como a organizada pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, em dezembro. Segundo o chanceler do país, Fernando Araújo, a comissão reunida na cidade de Villavicencio para acompanhar a entrega de três reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) era favorável à guerrilha.

“Essa comissão, que foi criada num gesto de transparência e de abertura do governo colombiano, chegou com um discurso muito carregado contra Bogotá e muito favorável às Farc, pondo sempre em dúvida os nossos comunicados e registrando sempre como reais as mentiras da guerrilha”, disse Araújo.

No dia 18, as Farc prometeram entregar três reféns a Chávez: Clara Rojas, assessora da ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, seqüestrada em 2002, a ex-senadora Consuelo de Perdomo e o filho de Clara nascido em cativeiro, Emmanuel, de 3 anos. Um comitê com representantes de sete países – entre eles o Brasil – foi formado para avalizar o resgate, mas a operação foi um fiasco.
Assinante lê mais aqui

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.