Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Alckmin: reforma política feita pelo Congresso e sem Constituinte. É claro que é o certo

Por Chico de Gois, no Estadão desta segunda: “O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, defendeu ontem, durante campanha em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, uma reforma política “fatiada” e feita pelo Congresso. O tucano disse que, se eleito, pretende enviar, antes mesmo da abertura da legislatura, em 1º de fevereiro, […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 09h32 - Publicado em 7 ago 2006, 05h14
Por Chico de Gois, no Estadão desta segunda: “O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, defendeu ontem, durante campanha em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, uma reforma política “fatiada” e feita pelo Congresso. O tucano disse que, se eleito, pretende enviar, antes mesmo da abertura da legislatura, em 1º de fevereiro, um projeto de reforma política que tenha como principal objetivo instituir a fidelidade partidária. O financiamento de campanha, por exemplo, ficaria para um outro momento. ‘Eu faria de cara uma reforma propondo a fidelidade partidária. Se for discutir, abrir muito o debate, fica infindável’, observou. ‘Então, vamos fazer por etapas.’ Alckmin não detalhou o que exatamente proporia – a fidelidade pode envolver punição a quem não vota como recomendado pelo partido ou a quem abandona a legenda pela qual foi eleito –, mas deu uma pista: ‘Não é possível deputado mudar de partido toda hora.’ (…) Alckmin voltou a se posicionar contra a proposta de Lula de fazer uma Assembléia Constituinte para tratar especificamente da reforma política. ‘Não vejo nenhum sentido nisso. Tem de ser mais objetivo; é muito discurso, muita teoria e pouco resultado.’” Leia mais aqui

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.