Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Agora ministra do Planejamento admite que cortes atingirão obras do tal “PAC”…

No Globo Online, com Agência Brasil: A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quarta-feira que o contingenciamento previsto para o início do governo Dilma Rousseff poderá atingir investimentos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2). A declaração traz à tona a polêmica entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 13h03 - Publicado em 26 jan 2011, 19h10

No Globo Online, com Agência Brasil:

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quarta-feira que o contingenciamento previsto para o início do governo Dilma Rousseff poderá atingir investimentos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2). A declaração traz à tona a polêmica entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, acerca dos cortes no programa .

– O cobertor é curto. Vamos fazer a melhor escolha dentro dessa lógica. Se tiver que pegar um pouquinho o PAC, será o mínimo possível – disse, ao participar do programa 3 a 1, da TV Brasil.

No início de dezembro, quando o presidente ainda era Lula, Mantega declarou que seria feito um esforço fiscal a partir do primeiro ano do governo da presidente eleita, Dilma Rousseff, e isso afetaria obras do PAC.

Lula reagiu e garantiu que não seria cortado “nenhum centavo do programa”. Depois da gafe e do ‘pito’ de Lula, Mantega emitiu nota à imprensa para esclarecer declarações a respeito dos cortes no Orçamento federal e os projetos previstos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Segundo o texto, o ministro afirmava que “a prioridade era terminar os (projetos) que já estavam em andamento” e que “o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha razão quando diz que o objetivo dos cortes no custeio ‘é aumentar investimento em infra-estrutura’.

Pasta está ‘calibrando’ contingenciamento
Miriam lembrou que a orientação da presidente é que investimentos em programas sociais e do PAC 2 sejam preservados, mas destacou que a pasta ainda está “calibrando” o montante do contingenciamento. A previsão, segundo ela, é que o número seja divulgado no dia 10 de fevereiro. “Contingenciamento tem todo ano. Superestimativa da receita também. Vamos fazer, como em todos os anos, o ajuste. Já fui da junta de execução orçamentária, já estou um pouco acostumada com essa tarefa”, afirmou.

Segundo a ministra, após reunião com representantes de diversas pastas na semana passada, o ministério planeja agora realizar encontros para definir um plano de trabalho dentro do PAC 2. Sobre o início das obras, a estimativa de Miriam é que as máquinas comecem a funcionar apenas a partir de março.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês