Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Senador reage à decisão do STF sobre estatais: “Não nos chame de idiotas”

Oriovisto Guimarães questiona de que vale legislar se “uma única pessoa pode anular o trabalho de 513 deputados e 81 senadores”

Por Nicholas Shores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 Maio 2024, 16h37 - Publicado em 14 Maio 2024, 18h36

Autor da proposta que acaba com as decisões individuais de ministros do STF, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) disse nesta terça-feira que a Corte “brinca” com o País ao “abusar” das medidas monocráticas, criticando a última decisão sobre a Lei das Estatais

“No ano passado, em uma canetada, o então ministro Lewandowski suspendeu a lei, dizendo que era inconstitucional. Ele ganhou o cargo de ministro da Justiça e o presidente Lula pôde nomear todos que ele quis. Agora, 14 meses depois, o Supremo decide que é constitucional, mas que todas as nomeações vão continuar valendo, porque o governo agiu de boa-fé. Não nos chame de idiotas. Estão brincando com o país”, declarou.

Oriovisto disse que, como democrata, reconhece o papel importante do Supremo, mas que quanto mais há decisões individuais, “menor” fica a Corte. 

“De que vale legislar se uma única pessoa pode anular o trabalho de 513 deputados e 81 senadores? Decisões individuais que podem durar anos. É uma licença para beneficiar os amigos. Nossa segurança jurídica é mandada às favas”, afirmou o senador paranaense.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.