Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

#SENADO#Renan dá golpe na CPI da Petrobras

Renan Calheiros deu um golpe para evitar que a CPI da Petrobras fosse aberta no início da tarde. O líder do PMDB articulou com o senador Paulo Duque – que presidiria a sessão de abertura por ser o senador mais velho – para que a sessão fosse fechada sem a eleição do presidente e do relator. Duque chegou pontualmente […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 17h31 - Publicado em 2 jun 2009, 17h05

Renan Calheiros deu um golpe para evitar que a CPI da Petrobras fosse aberta no início da tarde.

O líder do PMDB articulou com o senador Paulo Duque – que presidiria a sessão de abertura por ser o senador mais velho – para que a sessão fosse fechada sem a eleição do presidente e do relator. Duque chegou pontualmente às 14h e quinze minutos depois encerrou a sessão por falta de quórum. Além de Duque, apenas um senador da oposição – ACM Júnior – estava presentes. O resto, sabe-se llá porquê, não chegou na hora…(será que almoçavam?)

Com o racha explícito na base governista, Renan deu demonstração de força e ganhou tempo para continuar negociando.

Por volta de meio-dia, Renan,seu fiel escudeiro Gim Argello e os líderes do governo no Senado, Romero Jucá, e no Congresso, Ideli Salvatti, se reuniram com o ministro José Múcio Monteiro para conversar, mas sequer definiram entre PT e PMDB qual partido ocupará a presidência e qual ficará com a relatoria.

Continua após a publicidade

Se possível, Renan quer jogar a instalação da CPI para depois do feriado de Corpus Christi. Difícil será administrar a oposição, que já avisou que não será colocado qualquer projeto em votação enquanto não for instalada a CPI.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.