Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Senado reforça capacitação da polícia legislativa para conter ataques

"Aprendemos com o triste episódio", disse Rodrigo Pacheco nesta quarta-feira, em discurso um mês após atos golpistas

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 8 fev 2023, 17h10

Rodrigo Pacheco fez um discurso na abertura sessão desta quarta-feira para lembrar os ataques terroristas promovidos há exatamente um mês em Brasília por golpistas bolsonaristas, no dia 8 de janeiro.

O presidente do Senado afirmou que “o triste episódio” serviu para o aprendizado e a segurança da Casa foi reforçada, com aumento do número de detectores de metal nos acessos aos prédios. Ele anunciou ainda que a capacitação da polícia legislativa está sendo reforçada “para coibir e conter outras tentativas”.

Veja abaixo a íntegra da fala de Pacheco:

Senhoras senadoras e senhores senadores, brasileiras e brasileiros que nos assistem,

Hoje, dia 8 de fevereiro de 2023, completa um mês dos atos antidemocráticos que ocorreram na Praça dos Três Poderes logo após o início do ano. Uma minoria inconformada com o resultado eleitoral tentou tomar de assalto os Poderes da República e atentou contra a democracia brasileira. O Brasil e o mundo assistiram estarrecidos.

Continua após a publicidade

Porém, a resposta das instituições foi célere e firme. No dia seguinte aos atentados, em reunião inédita e histórica, realizada em caráter emergencial, os chefes de Poderes e os representantes dos Estados Brasileiros vieram a Brasília demonstrar solidariedade e união. A reunião de forças demonstrou a resiliência da democracia.

A violência dessa minoria antidemocrática não representa o povo brasileiro, nem a vontade do povo brasileiro. Esse episódio deplorável não será esquecido e produzirá consequências severas aos responsáveis.

Como já disse, as instituições brasileiras não se eximirão de investigar e punir exemplarmente todos os criminosos envolvidos, direta ou indiretamente, naquela barbaridade.

No Senado Federal, trabalhamos em conjunto com a Polícia Legislativa e com a Advocacia do Senado Federal para identificar os criminosos e representar os invasores junto ao Ministério Público Federal. A Advocacia do Senado representou mais de 39 pessoas junto à Procuradoria-Geral da República. Vários invasores foram identificados.

Continua após a publicidade

Ao mesmo tempo, servidores e colaboradores suspenderam suas férias para promover a limpeza e a conservação dos ambientes e obras que foram depredados. Todo o corpo de funcionários, liderados pela nossa diretoria geral, coordenou um trabalho de excelência para recuperar as instalações e reestabelecer as condições de trabalho. A engenharia do prédio está praticamente finalizada. Muitas obras danificadas foram restauradas.

Também aprendemos com o triste episódio. A segurança foi reforçada e aumentamos o número de detectores de metal nos acessos aos prédios do Senado. Estamos reforçando a capacitação da nossa polícia legislativa para coibir e conter outras tentativas.

Hoje, mais cedo, servidores do Congresso Nacional fizeram um ato pela democracia e pelo Brasil. A presença de muitos representa outra demonstração de força e da grandeza dessa Casa. Um grande encontro organizado pelo Sindilegis, que representa os servidores de ambas as Casas do Legislativo. Nós, Senadores, agradecemos o apoio e dedicação de todos.

Quero dizer às brasileiras e aos brasileiros, todos aqueles que respeitam nossas instituições, que nossa democracia está de pé, e sai ainda mais forte desse lamentável acontecimento.

Continua após a publicidade

Seguimos trabalhando firme.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.