Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Relatório da JP Morgan reforça temor de colapso da Oi

Banco americano traça perfil sombrio da Oi

Por Ernesto Neves
Atualizado em 19 abr 2017, 18h38 - Publicado em 19 abr 2017, 18h30

Um relatório feito pelo banco americano JP Morgan deixou credores da Oi assustados. A instituição aponta que a Oi entrou em franco processo de decadência devido à interminável disputa judicial. 

O relatório é feito com base em dados da Agência Nacional de Telecomunicações. “A qualidade dos serviços da Oi tem sido, consistentemente, a pior do Brasil. A Oi manteve ainda a última posição em termos de satisfação entre os clientes, e a lacuna só aumenta”, diz o texto. 

“Esse relatório é um claro sinal de que a empresa não consegue reter seus clientes. Se não houver uma rápida mudança, a Oi caminha para a extinção”, diz um credor.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.