Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Recado para o Irã

Paulo Coelho acaba de publicar  um novo texto sobre a proibição dos seus livros no Irã. Em seu blog, agradece o apoio do governo brasileiro (em especial os ministros Antonio Patriota e Ana de Hollanda) e manifesta sua opinião sobre os acontecimentos: *”Eu não sou ingênuo. Portanto, eu ainda acredito que esta decisão arbitrária foi […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 13h11 - Publicado em 11 jan 2011, 15h02

Paulo Coelho acaba de publicar  um novo texto sobre a proibição dos seus livros no Irã. Em seu blog, agradece o apoio do governo brasileiro (em especial os ministros Antonio Patriota e Ana de Hollanda) e manifesta sua opinião sobre os acontecimentos:

*”Eu não sou ingênuo. Portanto, eu ainda acredito que esta decisão arbitrária foi tirada de um oficial de baixa patente no Irã. Repito: não faz sentido proibir os livros que estavam sendo publicados nos últimos doze anos. O conteúdo dos livros não mudou – ele ainda é o o mesmo”.

*”Honestamente estou esperando que, mais cedo ou mais tarde, a República Islâmica do Irã vai reconsiderar (ou, eventualmente, negar) a proibição. Assim como eu tenho os arquivos em persa, todos os meus livros serão publicados gratuitamente neste blog”.

Publicidade