Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Raquel Dodge e sua caderneta assumem a PGR hoje

A dúvida é: para que servirão

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 19 set 2017, 01h37 - Publicado em 18 set 2017, 07h21

Raquel Dodge intrigou as excelências durante o beija-mão que cumpriu antes da sabatina dela no Senado.

Ao ser recebida nos gabinetes, ela fazia anotações numa pequena caderneta que carregava a tira colo enquanto ouvia as considerações dos parlamentares. Nada passava.

A reunião com os petistas foi indigesta, principalmente em virtude das críticas bradadas por Gleisi Hofmann, ré no Supremo em consequência da operação.

Hoje presidente do PT, a então líder da bancada falou em sanha persercutória, espada sobre as cabeças dos parlamentares que não são absolvidos nem denunciados, em suma, a respeito das agruras de um investigado.

Raquel, que tomará posse como procuradora-geral da República dentro de instantes, escrevia detidamente sabe-se lá o que, em meio às observações da interlocutora.

A partir de hoje, os congressistas começarão a descobrir se as anotações servirão para atender aos suplícios do poder ou foram rasgadas logo após o Senado aprová-la para comandar o órgão que vem desnudando a classe política ao longo dos últimos três anos.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês