Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Polícia Federal resgata marinheiros em situação análoga a de escravo

Trabalhadores foram conduzidos pelos Auditores do Trabalho até a sede da instituição

Por Robson Bonin Atualizado em 23 nov 2021, 18h03 - Publicado em 23 nov 2021, 17h47

A Polícia Federal, juntamente com Auditores do Trabalho, apuraram uma denúncia de condições análogas a de escravo e resgataram nesta semana, no interior de um navio fundeado na Baía de Guanabara, no Rio, dois marinheiros que trabalhavam e viviam em situação degradante na embarcação.

Os trabalhadores foram conduzidos pelos Auditores do Trabalho até a sede da instituição, onde foram ouvidos e, posteriormente alocados em hotéis, onde aguardarão demais providências.

“A empresa responsável pela embarcação será autuada pela fiscalização do trabalho, que posteriormente remeterá à Polícia Federal relatório de fiscalização, visando a instauração de inquérito policial para apurar os fatos”, diz a PF.

Publicidade