Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF gastará R$ 8,3 milhões para montar academia de musculação em Brasília

Órgão divulgou edital de licitação para a compra de bicicletas ergométricas, aparelhos de levantamento de peso, halteres e material para prática de lutas

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 9 nov 2021, 17h00 - Publicado em 9 nov 2021, 09h30

A Polícia Federal divulgou recentemente um edital de licitação para compra de equipamentos de ginástica suficientes para a instalação de uma academia de musculação de ponta em Brasília. 

A relação de equipamentos inclui bicicletas ergométricas, aparelhos de levantamento de pesos, halteres e até aparadores de chutes, bonecos de sparring, tatames e outros itens para a prática de lutas. 

O valor estimado a ser gasto na academia é de 8,3 milhões de reais. Só em bicicletas ergométricas, o edital prevê a compra de 60 unidades de três tipos diferentes. O primeiro modelo custará 7.790 reais cada, enquanto o segundo sairá por um valor unitário de 11.040 reais. O terceiro modelo de bicicleta custará 11.990 por item. A academia terá ainda 40 esteiras elétricas, cada uma custando 31.336 reais, além de outros equipamentos para exercícios aeróbicos, tais quais simuladores de escada e remada.  

Serão comprados equipamentos para o fortalecimento de músculos específicos. As chamadas “estações para glúteo”, que envolvem aparelhos que exercitam os membros inferiores do corpo, sairão a 18.000 reais cada uma das 18 previstas. Já as 20 estações para malhar o bíceps custarão 5.000 reais cada uma. 

Também serão comprados 400 tatames, 50 aparadores de chutes e socos e 11 bonecos de sparring. O pregão eletrônico está previsto para o final deste mês.

ATUALIZAÇÃO  09/11/2021 – 17 HORAS

A PF entrou em contato com a coluna na tarde desta terça-feira para informar que o edital “trata-se do início de um processo licitatório para formação de Ata de Registro de Preços para a futura aquisição de equipamentos de aperfeiçoamento e condicionamento físico de seus policiais”. O órgão diz ainda que os equipamentos não serão apenas para um único destino em Brasília, mas para a sede da PF, para a Academia Nacional de Polícia e para o Colégio Militar, todos no DF.


A PF diz ainda que a quantidade de equipamentos, bem como seus valores unitários, são uma estimativa, “
ficando o valor total a ser gasto pendente do resultado do pregão eletrônico, com tendência de queda”. Por fim, a PF diz que a licitação permitirá à instituição exercer o direito de compra por um ano, “não sendo a aquisição total obrigatória”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês