Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Pezão deve rezar para pedido de impeachment não chegar a Picciani

Se atraso nos salários não for equacionado, presidente da Alerj não pensará duas vezes em dar andamento a eventual pedido de afastamento contra o governador

Por Gabriel Mascarenhas
Atualizado em 22 dez 2016, 12h26 - Publicado em 22 dez 2016, 12h20

Quem já conversou mais de cinco minutos com Jorge Picciani sabe que as rajadas contra Luiz Fernando Pezão não são de balas de festim.

Se o atraso nos salários do funcionalismo público não for sanado até o março ou abril de 2017 – algo praticamente impossível – resta a Pezão fazer um só pedido quando pular as sete ondas na virada de ano: que não chegue à Alerj nenhum pedido de impeachment contra ele.

Caso isso ocorra, Picciani não hesitará nem um segundo em botar o processo para andar.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.