Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Pesquisa mostra como a CPI da Pandemia impacta os brasileiros

Andamento da investigação é apontado como principal motivo para deterioração da imagem de Bolsonaro e menor rejeição a Lula

Por Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 8 jul 2021, 06h12 - Publicado em 8 jul 2021, 06h01

A pesquisa Ipsos que avaliou a percepção dos brasileiros sobre o momento atual do país mostra que a maioria da população não está acompanhando a CPI da Pandemia. Mesmo entre aqueles que estão se informando sobre as investigações, as expectativas estão reduzidas quanto aos resultados dos trabalhos.

Apesar do ceticismo, a maioria dos entrevistados se mostrou incomodada quando informada sobre fatos trazidos à luz pela CPI, como a recusa da oferta de compra de vacinas da Pfizer, por exemplo, diz a pesquisa. Os dados coletados apontam que a CPI é responsável pela tendência de deterioração da imagem de Bolsonaro.

Dos entrevistados, 59% dizem que não votariam no presidente ‘de jeito nenhum’, contra 33% de eleitores que não votariam ‘de jeito nenhum’ em Lula. A pesquisa comparou os resultados com os índices do Poder Data de maio, que apontavam rejeição absoluta de 49% para Bolsonaro e de 50% para Lula.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.