Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Pedetistas usam decisão sobre Holocausto para atacar juiz do caso Ciro

Danilo Dias Vasconcelos de Almeida absolveu homem que negou o Holocausto e sugeriu que pandemia da Covid-19 foi provocada por judeus

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 15 dez 2021, 10h52

Passado o susto com a ordem judicial que teve como alvo o presidenciável Ciro Gomes, seu irmão Cid Gomes e outros integrantes do grupo, pedetistas colocaram o juiz substituto Danilo Dias Vasconcelos de Almeida, da Justiça Federal no Ceará, sob escrutínio.

Nas redes sociais, aliados e apoiadores de Ciro já começaram a divulgar a notícia, do mês passado, sobre outra decisão do magistrado em que ele absolveu um homem denunciado pelo crime de racismo por negar a existência do Holocausto e sugerir que a “peste negra” na Europa e a pandemia da Covid-19 foram provocadas por judeus. O Ministério Público Federal recorreu.

Na sentença, o Vasconcelos de Almeida escreveu que “não se pode naturalizar a censura ou se admitir a perseguição penal daqueles que pensam o oposto de nós”. E que via “com preocupação, inclusive no cenário nacional, a multiplicação de processos destinados a implementar censuras ou punir meras manifestações de pensamento (ainda que ideias toscas, arcaicas, insensatas)”.

O juiz evocou o princípio da liberdade de expressão para decidir que não houve crime de ódio. Ele apontou ainda que houve “apenas uma negação de um fato histórico, assim como há quem negue que o homem foi à Lua”.

No Twitter, o deputado federal André Figueiredo (PDT-CE) afirmou que é “inadmissível ver um integrante do judiciário tomar decisões absurdas como esta contra Cid Gomes e Ciro Gomes.” “Repugnante ver o mesmo juiz que absolveu um neonazista, determinar um mandato de busca e apreensão descabido e intempestivo”, escreveu.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.