Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para oposição, só interessa cassação de Silveira; Mesa admite a suspensão 

Representações serão juntadas no Conselho de Ética, que pode decidir por uma simples censura verbal até a perda do mandato

Por Evandro Éboli 19 fev 2021, 15h16

Partidos da oposição e a Mesa da Câmara, formada por sua direção, entraram com duas representações distintas contra Daniel Silveira (PSL-RJ) no Conselho de Ética.

Há diferenças entre essas representações.

A ação dos 6 partidos de oposição não faz concessão e requer unicamente a cassação do mandato de Silveira.

Já a representação da direção da Câmara ao conselho registra que, caracterizada a quebra de decoro por Silveira, seja considerada também outras penalidades, como a suspensão temporária do exercício do mandato.

De qualquer  maneira, as duas ações serão juntadas numa só e caberá ao relator a ser escolhido determinar, se assim entender, a sanção ao deputado que atacou o STF e fez apologia à ditadura, que pode ser apenas censura verbal ou escrita, a suspensão de prerrogativas – como não relatar matérias e não integrar comissões, a suspensão do mandato ou a cassação.

 

Continua após a publicidade

Publicidade