Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para 19% das indústrias, home-office veio para ficar, diz CNI

Pesquisa foi realizada pelo Instituto FSB Pesquisa junto a 500 executivos industriais, entre os dias 1º e 23 de setembro

Por Robson Bonin Atualizado em 19 out 2021, 10h37 - Publicado em 19 out 2021, 13h30

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria mostra que 19% das indústrias que adotaram o home-office durante a pandemia pretendem mantê-lo em definitivo.

De acordo com os dados, 48% das empresas que em algum momento da pandemia tiveram como prática o teletrabalho decidiram que não vão manter a modalidade no pós-pandemia.

Por fim, a pesquisa realizada pelo Instituto FSB Pesquisa junto a 500 executivos industriais, entre os dias 1º e 23 de setembro, revela que 32% não adotaram o home-office em nenhum momento.

Publicidade