Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Os dois pesos e duas medidas de uma demissão no governo Lula

O presidente não demitiu Juscelino Filho, inciado pela PF, porque acha que ele tem direito de se defender, mas não pensou assim ao rifar Neri Geller

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 16 jun 2024, 10h01

Lula não demitiu o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, indiciado nesta semana pela PF, porque acha que ele tem direito de se defender.

“Eu acho que o fato de o cara estar indiciado não significa que o cara cometeu um erro. Significa que alguém está acusando e a acusação foi aceita. Agora, eu preciso que as pessoas provem que são inocentes. E ele tem o direito de provar que é inocente. Eu não conversei com ele”, disse Lula.

O presidente não pensou assim ao rifar Neri Geller na Agricultura. Secretário de Polícia Agrícola da pasta, Geller caiu por força de Carlos Fávaro, chefe do ministério e seu desafeto.

O motivo da demissão foi o suposto envolvimento de figuras próximas a Geller no leilão de arroz promovido pelo governo e anulado após denúncias de irregularidades. Tanto a CGU quanto a Polícia Federal investigam o caso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.