Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Orçamento da Capes alcança R$ 3,68 bilhões e quer zerar déficit de bolsas

Com acréscimo de R$ 540 milhões para este ano, Fundação pretende assegurar pagamento das bolsas de pós-graduação e formação de professores

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 6 jan 2022, 10h44 - Publicado em 6 jan 2022, 10h30

O orçamento de 2022 da Capes — fundação vinculada ao Ministério da Educação e voltada a cursos de pós-graduação — alcançou 3,68 bilhões de reais e prevê zerar o déficit de bolsas, diz a pasta.

O acréscimo de 540 milhões de reais para este ano deverá garantir o pagamento integral das bolsas de pós-graduação e formação de professores. O PLN 19/2021 aguarda sanção presidencial.

“Começamos 2022 com a superação do problema que tivemos nos últimos três meses de 2021 para o pagamento das bolsas de formação de professores da educação básica”, diz Cláudia Queda de Toledo, presidente da Capes.

No final de 2021, a fundação precisou aguardar a aprovação do Congresso de dois projetos de lei para suplementação orçamentária. Só assim conseguiu pagar as bolsas dos Programas de Formação de Professores da Educação Básica.

Continua após a publicidade

Publicidade