Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O troco de Moraes em Bolsonaro: um novo inquérito no STF

Presidente será investigado desta vez por dar declarações mentirosas sobre a vacina

Por Robson Bonin Atualizado em 3 dez 2021, 19h20 - Publicado em 3 dez 2021, 19h15

Alexandre de Moraes, o ministro do STF que Jair Bolsonaro alfinetou nesta semana na filiação ao PL, determinou a abertura de um inquérito para investigar o presidente por declarações mentirosas dadas por ele em uma “live” realizada em 21 de outubro, na qual o presidente alardeou uma inexistente ligação entre a vacinação contra a Covid-19 e a Aids. O procedimento tem origem na CPI da Pandemia.

“Não há dúvidas de que as condutas noticiadas do Presidente da República, no sentido de propagação de notícias fraudulentas acerca da vacinação contra o Covid-19 utilizam-se do modus operandi de esquemas de divulgação em massa nas redes sociais, revelando-se imprescindível a adoção de medidas que elucidem os fatos investigados, especialmente diante da existência de uma organização criminosa – identificada no Inquérito 4.781/DF (que justificou a distribuição por prevenção desta Pet) e no Inquérito 4.874/DF”, diz Moraes.

Publicidade