Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O recado de Lula às Forças Armadas: ‘não toleraremos qualquer ameaça’

No discurso que fez em Salvador neste sábado, o petista fez questão de lembrar a missão constitucional dos militares e defendeu 'superar o autoritarismo'

Por Gustavo Maia Atualizado em 2 jul 2022, 16h00 - Publicado em 2 jul 2022, 15h58

Lula aproveitou o discurso que fez neste sábado na área externa da Fonte Nova, em Salvador, para mandar um duro recado às Forças Armadas, identificadas em grande parcela com Jair Bolsonaro, capitão reformado do Exército.

Já ao final da sua fala de mais de meia hora, o petista afirmou que “o Brasil independente e soberano que queremos não pode abrir mão de suas Forças Armadas”. E complementou com um um aceno em tom de cobrança. “Não apenas bem treinadas e bem equipadas, mas sobretudo as Forças Armadas comprometidas com a democracia”, disse o presidenciável.

“Cabe às Forças Armadas a nobre missão de atuar em defesa do povo, em defesa do território nacional, do espaço aéreo e do mar territorial, cumprindo estritamente aquilo que está definido pela Constituição. É necessário superar o autoritarismo e as ameaças antidemocráticas. Não toleraremos qualquer espécie de ameaça ou tutela sobre as instituições representativas do voto popular”, declarou Lula.

Segundo o ex-presidente, para sair da crise e voltar a crescer e se desenvolver, o Brasil precisa de normalidade e respeito institucional, “com observância integral à Constituição, que estabelece os direitos e obrigações de cada poder, de cada instituição, de cada um de nós”.

“Eu tenho certeza de que as Forças Armadas estarão ao lado do povo brasileiro na nossa luta por uma nova independência, como estiveram em momentos importantes da nossa história”, concluiu.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)