Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

O que pré-candidata do Novo em SP diz sobre crescimento nas pesquisas

Marina Helena apareceu com 7% no levantamento do Datafolha e contesta explicação do instituto para aumento surpreendente

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h26 - Publicado em 11 mar 2024, 18h28

Marina Helena, pré-candidata do Partido Novo à prefeitura de São Paulo, alcançou 7% das intenções de voto em pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta segunda-feira. O resultado é surpreendente se comparado ao desempenho do Novo em outros levantamentos.

Na última pesquisa do mesmo instituto, divulgada em agosto, Vinicius Poit, então apontado como candidato pelo Novo, teria 2% dos votos. Outro levantamento, do Paraná Pesquisas, em fevereiro, mostrou Marina Helena apoiada por 3,3% dos eleitores.

A diretora do Datafolha, Luciana Chong, disse à Folha de S.Paulo que os entrevistados podem ter confundido Marina Helena com a ministra Marina Silva, do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas. A explicação é contestada pela pré-candidata do Novo. A distorção, segundo Chong, será resolvida à medida que a população conhecer melhor quem está na disputa pela prefeitura da capital paulista.

“É um absurdo afirmarem que esse é o motivo do resultado da pesquisa. Justamente para evitar confusão, decidimos manter o “Helena”. Além disso, em 2020 a deputada Marina Helou foi candidata e, apesar do mesmo nome, não passou dos 2%”, disse.

Continua após a publicidade

A pré-candidata, que dirigiu a Secretaria Especial de Desestatização do então ministro Paulo Guedes, afirma que os números mostram a identificação dos paulistanos com “valores de direita, como a meritocracia, a eficiência da gestão pública e participação da iniciativa privada nos serviços públicos”.

“A alta no Datafolha mostra que parte da população não aguenta mais a esquerda e a centro-esquerda que governam São Paulo há tanto tempo. Quer tolerância zero com a corrupção do PT, com as máfias que dominam a cidade e com os crimes de rua”, afirmou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.