Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O presentão do PT para Sergio Moro

Unido a antigos parceiros na roubalheira da Petrobras, o petismo quis abrir uma investigação contra o ex-juiz no Congresso -- plano já foi abandonado

Por Robson Bonin Atualizado em 26 jan 2022, 15h08 - Publicado em 25 jan 2022, 15h10

Associado aos líderes do centrão que foram investigados pela Lava-Jato na roubalheira da Petrobras, o petismo tentou colocar de pé uma bizarra CPI para investigar Sergio Moro no Congresso. O partido não aprende.

+ Moro decide revelar o quanto ganhou em consultoria

Em 2012, petistas criaram uma CPI para tentar calar a imprensa e o Ministério Público. Na esteira das investigações contra o bicheiro Carlinhos Cachoeira, os aliados petistas chegaram em dois nomes de proa da corrupção que reinava naqueles anos entre aliados do Planalto — o empreiteiro Fernando Cavendish, dono da Delta, e o operador Adir Assad.

O empreiteiro superfaturava negócios com governos petistas e de aliados na Petrobras e em outros setores da máquina. O operador lavava o dinheiro da corrupção a partir de uma rede de empresas de fachada. O petismo queria atirar nos supostos “inimigos”, mas acertou no próprio pé.

Para aliados de Moro, se a ideia de CPI for para frente, será um grande presente para o ex-juiz. Dará um palanque nacional permanente para Moro mostrar em rede nacional de TV que nada deve em sua vida privada. “Será que algum petista resistiria a uma CPI? O Moro não tem medo. É isso que vamos mostrar”, diz um aliado do ex-juiz.

É essa constatação que fez Gleisi Hoffmann, a chefe nacional do PT, correr para descartar a CPI sobre a renda de Moro nesta semana.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês