Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O homem da mala, enfim, na sua CPI?

Criada há três anos e tendo investigado de tudo, a CPI das ONGs pode ter um reencontro com o passado. Senadores da oposição defendem a ida do petista Hamilton Lacerda à comissão para explicar sua participação na compra na campanha de 2006 do dossiê fajuto contra tucanos. A Folha de S.Paulo de hoje revela que […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 15h36 - Publicado em 5 abr 2010, 20h32

Criada há três anos e tendo investigado de tudo, a CPI das ONGs pode ter um reencontro com o passado. Senadores da oposição defendem a ida do petista Hamilton Lacerda à comissão para explicar sua participação na compra na campanha de 2006 do dossiê fajuto contra tucanos. A Folha de S.Paulo de hoje revela que o juiz Jefferson Schneider, da 2ª Vara Federal de Cuiabá (MT) declarou no ano passado “existir indício suficiente” de que Lacerda transportou os 1,7 milhão de reais a um hotel na capital paulista.

Na ocasião, Lacerda, ex-coordenador da campanha ao governo paulista de Aloizo Mercadante, foi preso e o dinheiro, apreendido. O “aloprado” virou dono de uma fazenda no interior da Bahia avaliada em meio milhão de reais. Foi motivado pelo caso do dossiê que a oposição abriu a CPI das ONGs. Mas, antes de tentar convocar Lacerda, querem investigar as denúncias contrra o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, fazendo até a próxima semana uma acareação entre ele e o doleiro Lúcio Funaro sobre as suspeitas de cobrança de propina em fundos de pensão.

– Agora descobrimos a origem do dinheiro – ironiza um oposicionista.


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês