Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O bombardeio dos advogados de Lula e do PT contra Bolsonaro

O partido enviou notícia de crime ao PGR e apresentou petições ao TSE contra declarações do presidente sobre o sistema eleitoral

Por Gustavo Maia Atualizado em 12 abr 2022, 05h52 - Publicado em 11 abr 2022, 19h23

Responsáveis pela defesa de Lula e do PT, os advogados Cristiano Zanin e Eugênio Aragão protocolaram nesta segunda uma série de ações contra Jair Bolsonaro por falas proferidas durante agendas do presidente no Rio Grande do Sul, na sexta passada.

Em uma notícia de crime endereçada ao procurador-geral da República, Augusto Aras, o partido apontou que Bolsonaro proferiu “graves ameaças ao Estado Democrático de Direito, colocando, uma vez mais, o sistema eleitoral em descrédito”, durante cerimônia de inauguração de trechos de rodovias federais.

“Podem ter certeza, tem poucas pessoas em Brasília que mandam muito, mas nenhuma delas manda em tudo. Os votos por ocasião das eleições de outubro serão contados. Não somos obrigados a acreditar em duas ou três pessoas, como se essas fossem os donos da verdade. A verdade está com seu povo e o maior Exército do Brasil, que são vocês, estão conosco também”, declarou o presidente, em Pelotas (PS).

No mesmo dia, Bolsonaro também disse, em Passo Fundo (RS), que “povo armado jamais será escravizado, reagirá a qualquer ditador de plantão que queira roubar a liberdade de seu povo”. Por essas declarações, o PT pediu que sejam tomadas as medidas necessárias para a investigação em razão da prática de incitação ao crime, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e interrupção do processo eleitoral, todos crimes previstos no Código Penal.

O partido também enviou petições ao corregedor-geral eleitoral, ministro Mauro Campbell, para noticiar o TSE sobre as falas que visam desacreditar o sistema eleitoral brasileiro. O tribunal já tem um inquérito administrativo em andamento para apurar as denúncias de falhas no sistema eleitoral, entre elas ataques de Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)