Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Novas telas

Um estudo inédito da americana Bersntein Research, a que alguns executivos brasileiros da Globo tiveram acesso, revela que os maiores grupos produtores de conteúdo audiovisual dos EUA já tem entre 15% e 20% de sua receita internacional auferidas no Brasil. A expansão dos canais a cabo explica esse portentoso percentual. A propósito, nos dois maiores […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h43 - Publicado em 5 jan 2014, 07h49
Concorrência na medição de audiência vem aí

Consumo crescente de produções dos EUA

Um estudo inédito da americana Bersntein Research, a que alguns executivos brasileiros da Globo tiveram acesso, revela que os maiores grupos produtores de conteúdo audiovisual dos EUA já tem entre 15% e 20% de sua receita internacional auferidas no Brasil. A expansão dos canais a cabo explica esse portentoso percentual.

A propósito, nos dois maiores mercados do país, São Paulo e Rio de Janeiro, a penetração da TV por assinatura alcança 62% e 53%, respectivamente.

Publicidade