Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPSP pressiona investigação do hacker de Araraquara por calúnia a promotor

Promotoria abriu inquérito contra Walter Delgatti Neto após hacker declarar que teria sofrido perseguição e extorsão de Marcel Zanin

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 22 jan 2022, 17h56 - Publicado em 22 jan 2022, 12h30

Walter Delgatti Neto — o hacker de Araraquara que invadiu o celular do ex-juiz Sergio Moro e outras autoridades em 2019 — poderá ter que, em breve, enfrentar nova briga na Justiça.

O Ministério Público de São Paulo pressiona para que tenha andamento um inquérito policial aberto contra Delgatti em fevereiro do ano passado. A investigação pretendia apurar o crime de calúnia praticado pelo hacker contra um dos ‘hackeados’, o promotor de Justiça Marcel Zanin, também de Araraquara.

Em entrevista à CNN no final de 2020, Delgatti fez acusações a Zanin, entre elas, as de que teria sofrido perseguição e extorsão por parte do promotor e de um delegado para que não instaurassem inquéritos e denúncias fraudulentas contra si.

Ao tomar ciência da entrevista, o promotor protocolou representação por calúnia junto ao Ministério Público que, menos de um mês depois, remeteu os autos para a Polícia Civil de São Paulo, onde o inquérito policial foi aberto.

Acontece que, de lá para cá, “os autos estão paralisados”, diz o promotor Marcos G. Vieira na manifestação em que pede ao juiz responsável para que sejam feitas as diligências referentes ao caso.

Preso na Operação Spoofing da Polícia Federal, em 2019, Walter Delgatti Neto foi solto em 2020 e regressou a Araraquara. O hacker, no entanto, ainda não acertou as contas com a Justiça Federal — ele usa tornozeleira eletrônica e não pode deixar a cidade e nem usar a internet.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês